sexta-feira, 20 de maio de 2011

Chegadas e Partidas

Hoje é 6ª. feira. O tempo virou e amanheceu um temporal como nunca presenciei aqui em Perth. O vento assobiava e carregava tudo o que via pela frente. A chuva caía em fortes pancadas e curtíssimos intervalos. Bom pra ficar na cama fazendo preguiça...
Mas como sou uma mãe boazinha, levantei às 6h30AM e fui levar as crianças na estação de trem para irem à Escola – CyrillJackson – que fica longe pra caramba da nossa casa. Eles têm que pegar um ônibus até a estação de trem, pegar o trem, claro, e depois ainda descer na estação de Perth City (Centro) pra fazer uma baldeação de trem. PUNK!  O trajeto todo é feito em quase uma hora e meia. Mas foi a única Senior High School que encontramos pra eles. Pablo muda de colégio agora no meio do ano. Vai pra Churchlands, bem mais pertinho. Isa ainda fica por lá, viajando de ônibus e trem.
Acordei pensando nos amigos que vão e vem, nessa Perth,  que é meio que uma porta de entrada para estrangeiros de todas as partes do mundo. Acho que a paisagem me deixou melancólica (ou será que é porque estou com o marido embarcado há 20 dias?).
O fato é que a rotatividade é grande, uns vem e pedem até cidadania. Outros são transferidos, outros voltam para o Brasil com saudades e outros chegam do Brasil com saudades de Perth.
A Dani, que mora aqui e está indo para Huston,  me disse pra eu me acostumar. Amigos vão, amigos vem... Ela mesma vai embora, vendeu tudo pra começar a vida de novo nos EUA, mais fácil pra visitar o Brasil.
Aline e Marcelo já se foram, voltaram para o Japão. Helena, filha de um amigo do Ramírez, veio estudar aqui e agora está viajando pelo mundo. Campelo, pai da Helena, também vai embora. O contrato de trabalho está acabando.
Felipe, namorado da Isa,  chegou do Brasil, está estudando inglês,  mas daqui a dois meses já vai embora.
E o que eu faço com a minha saudade? O que eu faço com a falta que vou sentir dos amigos, dos filhos dos amigos, do namorado da Isa que já virou filho, das crianças que a gente brinca e já se acostumou a pegar no colo? Que jeito que tem? Me acostumo?
Mas é como dizem... A vida é como um trem. Para nas estações... pessoas entram, pessoas saem... Encontros, desencontros e reencontros...
I`ll miss U all!

P.S.: Pra espantar a melancolia, fui fazer uma aula de ZUMBA!

                                          GOOD MOMENTS, GOOD FRIENDS!


Dani e Aline - SNIF SNIF



                                                         Isa, Helena e Tatiana      



                                                    Almoço das LULUS! Vai faltar gente!




Isa e Helena no dia que se conheceram!

                                            
                                               Campelo e Ramírez, amizade de mais de 20 anos!




                                       Campelo e Marcelo à esquerda, vcs vão deixar saudade!


                                              Marcelo e Aline, casal querido, agora japoneses!

Um comentário:

  1. Oi amiga!!! Que lindo post!
    Eu estou morrendo de saudades ...
    Beijos,

    ResponderExcluir